Encontro promoverá debate entre especialistas sobre vida financeira do brasileiro; pesquisa mostra que maioria dos entrevistados acredita ter bons conhecimentos na gestão do dinheiro, embora um terço não tenha hábito de traçar metas

Na próxima quarta-feira (22/05), o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) participará de painel com especialistas do mercado para debater indicadores para a política de educação financeira no país durante a 6ª Semana Nacional de Educação Financeira (ENEF 2019), em São Paulo. Na ocasião serão apresentados dados da pesquisa Educação Financeira – Comportamentos do Brasileiro Ligado ao Dinheiro, realizado com a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e em parceria com o Banco Central.

Uma das principais conclusões do estudo mostra que apesar de a maioria dos brasileiros acreditar que possui um grau de conhecimento bom ou ótimo para administrar seu dinheiro, 32% não têm o hábito de traçar metas para realizar sonhos de consumo e 40% reconhecem que o aspecto emocional influencia as decisões financeiras.

Dentre os que consideram bom ou ótimo seu nível de conhecimento, quase a metade (46%) aprendeu a gerenciar sua vida financeira sozinho e para 24%, a aprendizagem aconteceu em casa, desde cedo. Outro dado revela que o aprendizado pela internet é mais frequente entre os homens: 27% recorreram ao ambiente digital para consultar canais e sites de conteúdos de orientação financeira. Já no caso das mulheres, apenas 10% afirmam ter aprendido a gerenciar seu dinheiro pela internet.

Além disso, 81% dos entrevistados destacaram que ao fazer compras, avaliam se realmente precisam do produto, enquanto 70% declararam conseguir resistir às promoções, ou seja, só compram o que está planejado.  Em contrapartida, um terço dos brasileiros compram produtos por impulso – mesmo que estejam contraindo uma dívida – se alguma coisa desperta seu interesse. E 46% assumem já ter comprado algo apenas motivados pelo prazer da posse.

É também significativo o poder da influência de outras pessoas sobre as próprias compras, seja direta ou indiretamente. De acordo com o levantamento, 31% dos entrevistados revelam já ter comprado algo mais caro por se sentirem constrangidos na frente de amigos em vez de adquirir um produto mais barato.

A íntegra da pesquisa será apresentada na quarta-feira (22) e estará disponível nos sites do SPC Brasil e do Banco Central.

As inscrições para o evento devem ser feitas na página da  6ª Semana Nacional de Educação Financeira.


Serviço

Semana ENEF 2019 - Educação Financeira – Comportamentos do Brasileiro Ligado ao Dinheiro
Data: 22 de maio de 2019
Local: Hotel Belas Artes - R. Frei Caneca, 1199 - Cerqueira César, São Paulo
Horário: das 08h30 às 12h30

 
Semana ENEF - realizada anualmente desde 2014, reúne diversas ações educacionais, gratuitas, presenciais e online. O objetivo é disseminar a educação financeira e previdenciária no país. O Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef) é a entidade responsável pela coordenação da Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF), composto por representantes de órgãos como Banco Central, CVM, Febraban e Anbima, entre outros.
SPC Brasil - Há 60 anos no mercado, o SPC Brasil possui um dos mais completos bancos de dados da América Latina, com informações de crédito de pessoas físicas e jurídicas. É a plataforma de inovação do Sistema CNDL para apoiar empresas em conhecimento e inteligência para crédito, identidade digital e soluções de negócios. Oferece serviços que geram benefícios compartilhados para sociedade, ao auxiliar na tomada de decisão e fomentar o acesso ao crédito. É também referência em pesquisas, análises e indicadores que mapeiam o comportamento do mercado, de consumidores e empresários brasileiros, contribuindo para o desenvolvimento da economia do país.

CNDL – Criada em 1960, a CNDL é formada por Federações de Câmaras de Dirigentes Lojistas nos estados (FCDLs), Câmaras de Dirigentes Lojistas nos municípios (CDLs), SPC Brasil e CDL Jovem, entidades que, em conjunto, compõem o Sistema CNDL. É a principal rede representativa do varejo no país e tem como missão a defesa e o fortalecimento da livre iniciativa. Atua institucionalmente em nome de 500 mil empresas, que juntas representam mais de 5% do PIB brasileiro, geram 4,6 milhões de empregos e movimentam R$ 340 bilhões por ano.
Informações à Imprensa

Andrea Giardino
(11) 3254 8810 | (11) 9 7215 6303
andrea.giardino@spcbrasil.org.br

Vinícius Bruno
(11) 3251 2035 | (11) 9 7142 0742
vinicius.bruno@spcbrasil.org.br

Amanda Wall
(61) 3213-2017 | (61) 9 8475-1686
imprensa@cndl.org.br

Publicidade

  • Web3sites

  • Apoitur Viagens e Turismo

  • Senac

  • Sesc