Reconduzido à presidência da Frente Parlamentar Mista do Comércio, Serviços e Empreendedorismo (FCS) o deputado Efraim Filho (DEM/PB) ressaltou a importância da unificação das entidades que atuam diretamente com geração de emprego e renda.

“O setor que mais emprega e mais tem participação no PIB tinha uma atuação tímida no Congresso e essa Frente veio para construir uma agenda positiva, não só pelo setor, mas pelo Brasil”, declarou Efraim.

Ainda de acordo com ele é preciso agir e fazer o que é certo. “Nós vamos ter coragem de fazer o que é certo e ao lado da Frente a nossa missão será dar a este setor condições favoráveis com reformas estruturantes para diminuir a carga tributária. O sistema atual é burocrático, complexo, injusto e desestimula a produção”. Afirmou Efraim.

Na opinião do parlamentar há muita desinformação em torno das reformas e que a “guerra da comunicação” prejudica e confunde os processos decisórios. “É preciso mostrar para a população o que será feito e como será feito para que não haja conflitos e interpretações negativas. Estamos a serviço do Brasil”. Concluiu.

Para encerrar a cerimônia, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, usou sua fala não apenas para desejar sucesso aos parlamentares, mas para afirmar que o mundo passa por uma verdadeira crise, e que o sistema liberal é o único que pode reverter o cenário. “Não temos dúvida que praticando os princípios da democracia liberal nós vamos levar o país à frente”, disse, otimista.

Ele acrescentou ainda que cabe a todos buscar uma solução para mudar os rumos do país.

Entre os parlamentares presentes estavam os deputados Domingos Sávio (PSDB/MG), vice-presidente da Frente CSE, Emanoel Pinheiro (PTB/MT), Bia Kicis (PSL/DF), Alan Rick (DEM/AC), Glaustin Fokus (PSC/GO), João Roma (PRB/BA), Luiz Nishimori (PR/PR), Vinicius Poit (Novo/SP), e o senador Izalci Lucas (PSDB/DF).

Publicidade

  • Senac

  • Apoitur Viagens e Turismo

  • Sesc

  • Web3sites