conciliando

Notícias

Certificado Digital: você sabe o que é?

certificado-digital-joao-pessoa-o-que-eO Certificado Digital é uma assinatura eletrônica com validade jurídica que possibilita comprovar a identidade de pessoas físicas, por todas as pessoas jurídicas, exceto as optantes pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional) e sistemas.

Dessa forma ele atua na seguridade e agilidade das transações online e na troca eletrônica de documentos, mensagens, dados e outros serviços via internet.

Apenas três em cada dez comerciantes vão investir para o Natal; expectativa é de vendas 1,8% menores no final do ano, aponta SPC Brasil

DSC 8634-1Com expectativas pouco otimistas para as vendas de fim de ano, os comerciantes brasileiros vão evitar novas contratações e farão poucos investimentos para o período natalino.

Segundo uma pesquisa realizada em todas as capitais e no interior pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) somente três em cada dez (27,9%) comerciantes pretendem investir em seus estabelecimentos para o Natal – no ano passado o percentual era de 32,8%. Os que garantem que não farão investimentos somam 65,4% dos varejistas consultados.

CDL João Pessoa emite nota sobre segurança no Centro da Capital

logositeO município de João Pessoa convive com um crescente índice de violência, principalmente roubos e assaltos. A principal vítima desta situação é a população da nossa capital, representada por nós através dos empresários e seus clientes.

Como entidade de classe não podemos silenciar diante dos apelos que nos são dirigidos, dos quais entendemos a necessidade de uma posição mais firme, tanto da Secretaria de Segurança Pública como de igual forma da Policia Militar. O último relato aconteceu referente à madrugada desta sexta-feira (14), onde diversas lojas da Av. Pedro II foram invadidas por assaltantes.

Apenas três em cada dez comerciantes vão investir para o Natal; expectativa é de vendas 1,8% menores no final do ano, aponta SPC Brasil

vendasCom expectativas pouco otimistas para as vendas de fim de ano, os comerciantes brasileiros vão evitar novas contratações e farão poucos investimentos para o período natalino.

Segundo uma pesquisa realizada em todas as capitais e no interior pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) somente três em cada dez (27,9%) comerciantes pretendem investir em seus estabelecimentos para o Natal – no ano passado o percentual era de 32,8%.

Os que garantem que não farão investimentos somam 65,4% dos varejistas consultados. A intenção de realizar novas contratações, incluindo mão de obra temporária, também é pequena: apenas 13,9% disseram que irão aumentar o quadro de funcionários no período. A maioria (84,8%) não contratou e nem pretende contratar mão de obra extra. Na média, os comerciantes entrevistados projetam uma queda de 1,8% no volume de vendas para o final deste ano na comparação com o mesmo período de 2015.

48% dos comerciantes e prestadores de serviços acreditam que o segundo semestre será melhor para a economia, aponta SPC Brasil e CNDL

ControleFinanceiro2Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com varejistas e prestadores de serviços das 27 capitais e do interior do Brasil mostra que, em geral, o ânimo dos empresários para os próximos meses melhorou na comparação com o começo do ano.

O levantamento revela que caiu de 60,2% em abril para 39,5% em agosto o percentual dos empresários que consideram a crise econômica muito grave. Para 47,9%, o segundo semestre será melhor do que o primeiro, enquanto apenas 6,8% acreditam que será pior, bem abaixo 39,5% que pensavam o mesmo no primeiro semestre.